Chá

Eu amo chá! ❤

cha + chaleira

Pouso a xícara e venho escrever esse parágrafo. Aqui minhas reminiscências são expostas por sua matéria-prima, seu combustível básico, o meu chá diário. Se tem algo que não dispenso é o chá. Então resolvi compartilhar um pouco com vocês sobre essa paixão. Afinal, beber chá é mais do que só beber algo, é um ritual. Meu dia começa com a água na chaleira. O fato de ter que esperar ela ferver, enquanto seleciono o sabor e preparo os infusores, depois de colocar a água, ter que esperar o chá ficar pronto, depois esperar esfriar, faz com que não seja um ato desconectado, só servir e beber, o chá exige atenção e um tempo próprio. Só dele. Que ninguém apressa, nem a correria dos dias atuais. E o meu acordar vai no ritmo do chá. O dormir também. Ficar aqueles 15 min com o chá na mão, esperando a temperatura certa, é o tempo exato para acalmar a mente, desconectar. Para mim, tomar chá é também meu momento de introspecção, de pensar nos pensamentos. De me planejar para o dia, ou de revisar o dia antes de dormir. É realmente um ritual!

IMG_2052

Chás, tal como os chamamos em geral, são a infusão de folhas de uma planta, e suas variedades, das quais fazemos o chá preto, o verde, o branco, etc. Mas chás também podem ser resultado das infusões de outras ervas, sementes, folhas, e mesmo incluir outros processos como a fervura de raízes e cascas, ou mesmo a fermentação, como no caso do kombucha.

O que mais faço no meu dia-a-dia são as infusões de ervas, e fervura de raízes e cascas, mas às vezes faço também o chá propriamente dito, seja o verde, ou o preto, ou o mate. Chá é muito simples e gostoso, basta ferver a água e colocar sobre o famoso saquinho de chá, mas como boa apreciadora, isso é muito básico. Existem vários detalhes que permeiam a arte do chá. A primeira é nunca despejar sobre as folhas de infusão a água fervendo, o ideal é algo em torno de 95 graus celsius. Na falta de um termômetro só pra isso, deixe a água ferver, apitar a chaleira, soltar fumaça, desligue o fogo e espere cerca de 2 a 3 min antes de despejá-la sobre a infusão.

Outra dica boa é evitar os famosos saquinhos. No exterior é comum conseguirmos comprar pelo mesmo preço chás embalados em saquinhos de tule costurado, mas aqui no Brasil a regra é o saquinho de um papel fino, parecido com o do coador de café, que é colado. Para quem toma chá de vez em quando, isso não faz diferença, mas pra quem toma com frequência é bom evitar. Com a água muito quente parte dessa cola se dissolve, e com o tempo ingerimos mais dela do que seria recomendado.

Outro bom motivo é você poder fazer suas próprias combinações. Aqui em São Paulo tenho comprado minhas folhas secas na zona cerealista, mas muitas lojas de produtos naturais vendem o chá à granel ou mesmo em embalagens, mas ele vem por peso e não em saquinhos. Aí convém você ter alguns tipo de infusores em casa. Eu tenho o individual, em formato de folhas, a garrafa de vidro e o bule para duas xícaras e meia, ou quatro servidas sem ser cheias. Quando faço com gengibre e canela, em vez de usar chaleiras e bules, fervo a raiz e a casca com a água, coo e coloco em uma garrafa térmica, para ir tomando ao longo do dia.

Às vezes faço com flor de hibisco e canela, para tomar quente, ou hibisco e limão, e deixo na geladeira para esfriar, também conhecida como água de jamaica. Às vezes faço o mate cozido, bato com limão e hortelã e deixo esfriar. Nunca adoço meus chás com nada, pois prefiro puro, amo doces, mas não gosto de bebidas doces (exceção só pro chocolate-quente do inverno).

Algumas das minhas combinações preferidas incluem: cidreira + chá verde + hortelã; cidreira + camomila + hortelã, são dois ótimos digestivo. Cidreira + camomila + erva-doce é meu preferido antes de dormir e é conhecido como meu chá esquenta coração. Mate + limão + hortelã gosto frio como refresco! Hibisco + canela e gengibre + canela são meus preferidos para tomar ao longo do dia. Hibisco + limão gelado (água de jamaica) também é ótimo em dias quentes.

chás gelados

Entre os clássicos, dos que a gente já compra pronto amo o Earl Grey e Lady Grey, English Breakfast. Entre marcas amo Lipton, Twinings, Tribal Brasil, Celestial Seasonings, e os herbais da Bio2. Se algum dia você estiver em Paris, vá a Mariage Fréres, uma loja de chá incrível, com vários tipo de chás, bules, chaleiras e infusores. E eles tem um cardápio só de chás! Em São Paulo recomendo a Tea Connections. Mas a verdade é que existem poucos chá que eu não gosto! E amo experimentar as novas combinações! Isso sem falar que eles são os companheiros de leitura, trabalho e estudos perfeitos!

cha _ walden

Uma coisa que aprendi com a cultura do chá chinesa é porque as xícaras chinesas não possuem “asas”. E a dica é importante. Quando seguramos a xícara pela alça, diminuímos o contato do calor com o corpo, e assim perdemos nosso termômetro mais importante! Para saber se a bebida quente está na temperatura ideal para o consumo, sem danificar tecidos internos e nem machucar as mucosas, basta segurar a xícara com as duas mãos, sem se machucar e sem sentir necessidade de soltar. Pronto, pode beber eu chá em paz!

É sempre bom lembrar que chás possuem efeitos variados no corpo, alguns possuem cafeína, outros são diuréticos, outros termogênicos, então sempre consulte um profissional e evite tomar em quantidade exagerada. Como sempre, o bom senso imperando, dá tudo certo.

Espero que os chás consigam aquecer o coração de vocês tanto quanto o meu!

cha vidro

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s